Carnês do IPTU começam a ser entregues na Prefeitura de Mandaguaçu

População enfrenta filas para receber o carnê do IPTU.

População enfrenta filas para receber o carnê do IPTU.

A Prefeitura Municipal de Mandaguaçu começou a entregar desde o dia 23 de março, os carnês do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU). De acordo com o Setor de Tributação da prefeitura, é necessário os documentos pessoais (RG e CPF) na hora de retirar o carnê para realizar uma atualização de cadastro.

Após o dia 15 de abril, os carnês serão entregues pelo correio.

Flagrante da falta de segurança na coleta de lixo em Mandaguaçu

Coleta de lixo em Mandaguaçu.

Coleta de lixo em Mandaguaçu.

O flagrante da coleta do lixo urbano de Mandaguaçu, na tarde desta sexta-feira (27), levanta a discussão sobre a segurança dos garis.  A coleta do lixo urbano, principalmente em cidades pequenas, na maioria das vezes é realizada pelas prefeituras. No município de Mandaguaçu, a responsabilidade da coleta é do Departamento de Obras.

No flagrante de hoje, os garis são vistos em um caminhão caçamba, expostos ao contato com o lixo coletado. Além do transporte impróprio, os garis não utilizam todos os Equipamentos de Proteção Individual-EPI (botas adequadas, macacão, ou roupa apropriada com manga longa, luvas, máscaras, óculos protetores, etc.). Os garis são os que mais sofrem com a variada combinação de riscos ocupacionais nessa atividade insalubre da coleta porta a porta.

O Departamento de Obras informou que os dois caminhões coletores disponíveis na cidade quebraram ao final da tarde de ontem (26). Segundo o departamento de obras,  esta não é uma situação corriqueira e na verdade nunca aconteceu. “Não existe descaso com os trabalhadores, apenas eles mesmos optaram por realizar o serviço desta maneira, para não atrasar o serviço e deixar de recolher o seu lixo diário.” De acordo com o Departamento de Obras, hoje (27), após o almoço, os caminhões coletores voltaram a circular pela cidade.

Professora de Mandaguaçu se diz lesada por oficial norte-americano em R$ 5,7 mil

professoregizUma professora de 47 anos, residente em Mandaguaçu, está pedindo a ajuda da Polícia Civil para tentar recuperar US$ 2,2 mil (R$ 5,7 mil) que teria entregue a um suposto tenente das Forças Armadas dos Estados Unidos (EUA).

Inconformada com o prejuízo, a professora relatou que conheceu o suposto o oficial em um site de relacionamentos, poucos meses depois de se separar do marido.

Segundo ela, o oficial, que disse estar lutando no Afeganistão, contou que após uma ferrenha guerra com um grupo de talibãs, teria encontrado uma mala contendo US$ 4,5 milhões (RS 11,7 milhões) e decidido enviar toda fortuna para ela.

“Ele me convenceu a depositar as custas da remessa em uma conta corrente, mas até hoje não recebi a mala”, disse ela, ressaltando suspeitar que uma deputada americana pode estar envolvida no golpe. A polícia analisa o caso.

O Diário

Imbróglio jurídico entre Sanepar e prefeitura deixa Mandaguaçu sem água

José Rossi é pioneiro em Mandaguaçu e diz que o problema da falta de água está piorando a cada dia    Foto: Douglas Marçal

José Rossi é pioneiro em Mandaguaçu e diz que o problema da falta de água está piorando a cada dia Foto: Douglas Marçal

Mulheres levantando durante a madrugada para lavar roupas, limpar a casa e estocar água em baldes e tambores está se tornando uma cena cada vez mais comum em Mandaguaçu, cidade onde o problema da falta de água vem se agravando a cada dia. O problema já atinge toda a área urbana, mas é mais grave nos bairros mais altos, onde a água deixa de chegar às torneiras por volta das 10 horas e só volta na madrugada seguinte.

O problema começou devagar e foi aumentando”, diz Elza Espíndula, moradora do bairro Hiro Vieira, um dos mais altos da cidade. “Agora está faltando diariamente e nos fins de semana não chega nada”. Segundo ela, a água acaba na sexta-feira e só volta às torneiras na madrugada de segunda-feira.

“Dia desses a água acabou quando estávamos com o piso todo ensaboado”, contou Eduardo Henrique, funcionário da Casa de Carne do Preto, na Rua José Ganassin, também no Hiro Vieira. Segundo ele, açougue é ambiente que precisa de muita água, pois além da necessidade de limpeza do estabelecimento, “açougueira tem que lavar a mão a toda hora”.

Para tirar o sabão, proprietários e funcionários do açougue tiveram que buscar água em um posto de combustível ‘na baixada’ e de lá para cá todas as manhãs, antes mesmo de abrir as portas à clientela, os funcionários enchem tambores e baldes de água para passar o dia.

Vizinho ao açougue, o pioneiro José Rossi também enche tambores e baldes. Segundo ele, falta de água não era problema em Mandaguaçu até alguns anos atrás, “mas ultimamente, quem não tiver caixa grande tem que acordar cedo para estocar água em tambores”.

O assunto vem sendo debatido na Câmara há três anos, vários vereadores da legislatura anterior vinham pedindo providências tanto à Sanepar quanto à prefeitura. Atualmente, o vereador que aceitou o caso como empreitada é José Roberto Mendes, o Beto Dentista (PMN), que vem cobrando um posicionamento mais efetivo da administração municipal frente a Sanepar. “A população de Mandaguaçu vem crescendo, surgiram novos loteamentos e só em um conjunto foram entregues 200 unidades do programa Minha Casa, Minha Vida e outras 200 deverão ser entregues, mas a estrutura de abastecimento é a mesma de 20 anos atrás”.

O vereador cita que muito do atraso deveu-se a um imbróglio jurídico entre a Sanepar e a prefeitura. O contrato de concessão, com validade de 30 anos, terminou em 2004 e a prefeitura não quis fazer a renovação porque o prefeito da época considerava que a prefeitura poderia fazer o abastecimento com um custo menor para a população. A disputa demorou oito anos, tempo em que não aconteceu qualquer investimento no setor.

Beto Dentista diz que a população de Mandaguaçu deve se mobilizar, mostrando a necessidade de um serviço de melhor qualidade. Segundo ele, a Sanepar está desde o início do ano realizando obras de ampliação do sistema de abastecimento, porém não está resolvendo o problema dos bairros que sofrem sistematicamente com a falta de água, como é o caso da parte mais alta da Vila Guadiana, Bela Vista e Hiro Vieira.

OBRAS E CALOR

A Sanepar informou ontem que a falta de água em algumas regiões de Mandaguaçu se deve ao consumo elevado nos dias de maior calor e, principalmente, nos fins de semana. A empresa está realizando, desde abril deste ano, obras no valor de mais de R$ 2 milhões para resolver a situação, entre elas está a interligação de um novo poço com capacidade de 95 mil litros de água por hora e a construção de dois novos reservatórios, um com capacidade de 200 mil litros e outro para 100 mil litros. Também estão sendo executadas melhorias operacionais como setorização do sistema de distribuição e controle de pressão.

A previsão é que as obras sejam concluídas em junho de 2015. A empresa também deve colocar em operacionalização mais um poço no Jardim Atlanta nos próximos 20 dias.

LUIZ DE CARVALHO – O Diário

Mandaguaçu pode ficar sem água neste sábado

torneiraNeste sábado (18), o aumento no consumo de água provocado pelo forte calor poderá interromper, na parte da tarde, o abastecimento em Mandaguaçu, afetando toda a cidade e, também, a Vila Guadiana. A previsão é a de que o fornecimento de água seja normalizado à noite.

Clientes que não possuem caixa-d’água domiciliar podem ficar desabastecidos temporariamente. A Sanepar lembra que, de acordo com norma da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), cada imóvel deve ter caixa-d’água com capacidade para atender as necessidades por, no mínimo, 24 horas. O reservatório domiciliar deve armazenar pelo menos 500 litros.

A Sanepar pede a colaboração de todos e orienta para que a população utilize a água com racionalidade, evitando desperdícios.

O Serviço de Atendimento ao Cliente Sanepar na cidade é feito pelo telefone 115, que funciona 24 horas.

Galinha caipira adota 94 pintinhos em sítio de Mandaguaçu

Foto: Laudicéia Ramires

Foto: Laudicéia Ramires

No sítio da produtora rural Laudicéia Ramires, cada integrante da família tem uma atividade e responsabilidade diferente. Tem quem cuida da plantação, da horta e da casa. A divisão de tarefas é tão presente, que sobra responsabilidade até para os animais do sítio localizado na área rural de Mandaguaçu, no norte do Paraná. Um exemplo é de uma galinha caipira que adotou 94 pintinhos chocados no início de outubro. São tantos animais que a ave chega a desaparecer quando todos os filhotes estão reunidos.

Segundo Laudicéia, como o número de pintinhos é grande, a própria ave não sabe quais foram os que ela chocou. “Depois dos ovos chocarem, o meu sogro escolhe a galinha do quintal para cuidar da criação. Para os pintinhos se acostumarem com a nova ‘mãe’, ele só coloca a ração ao redor dessa galinha. Com isso, os pintinhos se acostumam e começam a segui-la”, detalha Laudiceia. “Sem querer, ela adotou todos eles”, acrescenta.

A criação poderia ser ainda maior. Foram chocados 108 ovos, mas 14 animais morreram depois de um dia de frio. E mesmo com tantos filhotinhos, a galinha não se esquece de nenhum deles. “É até engraçado de ver essa relação. Os pintinhos vão para todos os lugares atrás dela, se alimentam se ela comer a ração. No fim da tarde, quando recolhemos todos os animais, eles [pintinhos] só entram no galinheiro depois dela [galinha]. É uma relação entre mãe e filhos mesmo”, diverte-se a produtora rural.

A escolha de apenas uma ave para cuidar de todos os filhotes é realizada há cinco anos no sítio de Laudicéia. Os olhos atentos do sogro dela definem qual ave ficará responsável pelos pintinhos. Conforme a produtora rural, essa decisão leva em conta o conhecimento e a confiança entre donos e animais.  “Escolhemos a galinha que achamos que é a mais cuidadosa entre as que temos. O meu sogro sabe qual briga mais, qual come mais e aquela que está preocupada com a ordem. É uma coisa meio maluca. Digamos que é um pouco instinto e observação. Não sei como, mas deu certo em todas às vezes”, diz Laudicéia.

Depois de atingirem a fase adulta, algumas aves ficam no sítio da família Ramires, e outras são doadas para parentes e amigos. “Nós temos muitos animais e não conseguimos criar todos eles, não temos espaço e dinheiro. Por isso, distribuímos”, conta a produtora.

globo.com

RESULTADO: Aécio e Dilma em disputa acirrada em Mandaguaçu

Aécio-com-Dilma-no-Congresso-dez-2013-FolhapressCom 100% dar urnas apuradas em Mandaguaçu, Aécio tem 43,66%, Dilma 42,59% e  Marina Silva 11,88%.
Em 2010, no 1º turno Dilma teve 45,11%; Serra 40,54% e Marina 13,61%
No 2º turno, Dilma teve 52,3% e Serra 47,7%.

Confira os votos detalhados:

Candidato Partido/Coligação Votação % Válidos
AÉCIO NEVES PSDB – PSDB / PMN / SD / DEM / PEN / PTN / PTB / PTC / PT do B 5.418 43,66%
DILMA PT – PT / PMDB / PSD / PP / PR / PROS / PDT / PC do B / PRB 5.285 42,59%
MARINA SILVA PSB – PHS / PRP / PPS / PPL / PSB / PSL 1.474 11,88%
LUCIANA GENRO PSOL 80 0,64%
PASTOR EVERALDO PSC 73 0,59%
EDUARDO JORGE PV 45 0,36%
LEVY FIDELIX PRTB 18 0,15%
ZÉ MARIA PSTU 14 0,11%
EYMAEL PSDC 2 0,02%
RUI COSTA PIMENTA PCO 0 0,00%
MAURO IASI PCB 0 0,00%

RESULTADO: Votos para governador em Mandaguaçu

Candidato Partido/Coligação Votação % Válidos
BETO RICHA PSDB – PSDB / PROS / DEM / PSB / PSD / PTB / PP / PPS / PSC / PR / SD / PSL / PSDC / PMN / PHS / PEN / PT do B 7.107 59,15%
GLEISI HOFFMANN PT – PT / PDT / PC do B / PRB / PTN 2.827 23,53%
REQUIAO PMDB – PMDB / PV / PPL 1.978 16,46%
OGIER BUCHI PRP 45 0,37%
BERNARDO PILOTTO PSOL 38 0,32%
RODRIGO TOMAZINI PSTU 12 0,10%
GEONISIO MARINHO PRTB 4 0,03%
TULIO BANDEIRA PTC 4 0,03%

RESULTADO: Votos para senador em Mandaguaçu

Candidato Partido/Coligação Votação % Válidos
ALVARO DIAS PSDB – PSDB / PROS / DEM / PSB / PSD / PTB / PP / PPS / PSC / PR / SD / PSL / PSDC / PMN / PHS / PEN / PT do B 8.907 81,13%
RICARDO GOMYDE PC do B – PT / PDT / PC do B / PRB / PTN 1.760 16,03%
MARCELO ALMEIDA PMDB – PMDB / PV / PPL 215 1,96%
PROFESSOR PIVA PSOL 43 0,39%
ADILSON SENADOR DA FAMILIA PRTB 27 0,25%
CASTAGNA PSTU 15 0,14%
MAURI VIANA PRP 12 0,11%
LUIZ BARBARA PTC 0 0,00%

RESULTADO: Votos para deputado federal em Mandaguaçu

Candidato Partido/Coligação Votação % Válidos
RICARDO BARROS PP – PSDB / DEM / PR / PSC / PT do B / PP / SD / PSD / PPS 2.923 25,42%
ENIO VERRI PT – PT / PDT / PRB / PTN / PC do B 2.605 22,65%
EDMAR ARRUDA PSC – PSDB / DEM / PR / PSC / PT do B / PP / SD / PSD / PPS 1.303 11,33%
LUIZ NISHIMORI PR – PSDB / DEM / PR / PSC / PT do B / PP / SD / PSD / PPS 840 7,30%
TERUO KATO PMDB 481 4,18%
SARGENTO FAHUR PSDC – PSDC / PEN / PTB / PHS / PMN / PROS 348 3,03%
ALFREDO KAEFER PSDB – PSDB / DEM / PR / PSC / PT do B / PP / SD / PSD / PPS 219 1,90%
TAKAYAMA PSC – PSDB / DEM / PR / PSC / PT do B / PP / SD / PSD / PPS 203 1,77%
LUCIANO BRITO PSB 156 1,36%
PROF. LUIZ MONEZI PV – PV / PPL 114 0,99%
FLAVIO MANTOVANI PTB – PSDC / PEN / PTB / PHS / PMN / PROS 110 0,96%
PAULO MARTINS PSC – PSDB / DEM / PR / PSC / PT do B / PP / SD / PSD / PPS 88 0,77%
LUIZ CARLOS HAULY PSDB – PSDB / DEM / PR / PSC / PT do B / PP / SD / PSD / PPS 82 0,71%
RICARDO MAIA PSD – PSDB / DEM / PR / PSC / PT do B / PP / SD / PSD / PPS 78 0,68%
DIEGO GARCIA PHS – PSDC / PEN / PTB / PHS / PMN / PROS 78 0,68%
RUBENS BUENO PPS – PSDB / DEM / PR / PSC / PT do B / PP / SD / PSD / PPS 77 0,67%
REINHOLD STEPHANES PSD – PSDB / DEM / PR / PSC / PT do B / PP / SD / PSD / PPS 66 0,57%
DELEGADO FRANCISCHINI SD – PSDB / DEM / PR / PSC / PT do B / PP / SD / PSD / PPS 58 0,50%
OSMAR SERRAGLIO PMDB 54 0,47%
EFRAIN BUENO PTB – PSDC / PEN / PTB / PHS / PMN / PROS 48 0,42%
PEDRO RADADE PTB – PSDC / PEN / PTB / PHS / PMN / PROS 46 0,40%
VALDIR ROSSONI PSDB – PSDB / DEM / PR / PSC / PT do B / PP / SD / PSD / PPS 45 0,39%
OLIVEIRA FILHO PRB – PT / PDT / PRB / PTN / PC do B 41 0,36%
ZECA DIRCEU PT – PT / PDT / PRB / PTN / PC do B 41 0,36%
MARIANE SIQUEIRA PSTU 31 0,27%
LITA PHS – PSDC / PEN / PTB / PHS / PMN / PROS 25 0,22%
ALEX CANZIANI PTB – PSDC / PEN / PTB / PHS / PMN / PROS 24 0,21%
PROFESSORA MARLEI PT – PT / PDT / PRB / PTN / PC do B 24 0,21%
EVANDRO ROMAN PSD – PSDB / DEM / PR / PSC / PT do B / PP / SD / PSD / PPS 23 0,20%
DILCEU SPERAFICO PP – PSDB / DEM / PR / PSC / PT do B / PP / SD / PSD / PPS 19 0,17%
LEANDRE PV – PV / PPL 18 0,16%
CHRISTIANE YARED PTN – PT / PDT / PRB / PTN / PC do B 16 0,14%
LUCIANO DUCCI PSB 14 0,12%
TELMA TONI PSB 14 0,12%
DENILSON PESTANA PT – PT / PDT / PRB / PTN / PC do B 14 0,12%
PIETROBON PPS – PSDB / DEM / PR / PSC / PT do B / PP / SD / PSD / PPS 13 0,11%
HERMES FRANGÃO PARCIANELLO PMDB 12 0,10%
RODRIGO ROCHA LOURES PMDB 12 0,10%
NAIR LENZ PSL 12 0,10%
DELEGADO GASTÃO PR – PSDB / DEM / PR / PSC / PT do B / PP / SD / PSD / PPS 12 0,10%
IGLE MARIA PT – PT / PDT / PRB / PTN / PC do B 12 0,10%
ANDRE ZACHAROW PMDB 11 0,10%
JANINE RODRIGUES PMDB 11 0,10%
ALEX PSTU 11 0,10%
NELSON MEURER PP – PSDB / DEM / PR / PSC / PT do B / PP / SD / PSD / PPS 10 0,09%
MELISSA CAMPUS PSOL 9 0,08%
CAZUZA PROS – PSDC / PEN / PTB / PHS / PMN / PROS 8 0,07%
FELIPE BRAGA CORTES PSDB – PSDB / DEM / PR / PSC / PT do B / PP / SD / PSD / PPS 8 0,07%
ANDRÉ VIEIRA PT – PT / PDT / PRB / PTN / PC do B 8 0,07%
JOAO ARRUDA PMDB 8 0,07%
FABIO VALENTTE PTB – PSDC / PEN / PTB / PHS / PMN / PROS 7 0,06%
SERGIO SOUZA PMDB 7 0,06%
NELSON PADOVANI PSC – PSDB / DEM / PR / PSC / PT do B / PP / SD / PSD / PPS 6 0,05%
TONINHO WANDSCHEER PT – PT / PDT / PRB / PTN / PC do B 5 0,04%
JOÃOZINHO DA COCADA PMDB 5 0,04%
ANTONIO BUENO PV – PV / PPL 5 0,04%
BRUNO DUTRA PSB 5 0,04%
JOSÉ TUROZI PV – PV / PPL 4 0,03%
ZEZINHO FISIOTERAPEUTA PDT – PT / PDT / PRB / PTN / PC do B 4 0,03%
MARCELO BELINATI PP – PSDB / DEM / PR / PSC / PT do B / PP / SD / PSD / PPS 4 0,03%
SANDRO ALEX PPS – PSDB / DEM / PR / PSC / PT do B / PP / SD / PSD / PPS 4 0,03%
PEDRO GUERRA PSD – PSDB / DEM / PR / PSC / PT do B / PP / SD / PSD / PPS 4 0,03%
THIAGO BAGATIN PSOL 4 0,03%
ALIEL MACHADO PC do B – PT / PDT / PRB / PTN / PC do B 4 0,03%
PASTOR LUIZ PAIOLA PTB – PSDC / PEN / PTB / PHS / PMN / PROS 3 0,03%
ALMEIDA PDT – PT / PDT / PRB / PTN / PC do B 3 0,03%
ANGELO VANHONI PT – PT / PDT / PRB / PTN / PC do B 3 0,03%
FERNANDO VICENTINE PSD – PSDB / DEM / PR / PSC / PT do B / PP / SD / PSD / PPS 3 0,03%
ASSIS DO COUTO PT – PT / PDT / PRB / PTN / PC do B 3 0,03%
PROFESSOR SERGIO OLIVEIRA PSC – PSDB / DEM / PR / PSC / PT do B / PP / SD / PSD / PPS 3 0,03%
PSICÓLOGA CRISTÃ MARISA LOBO PSC – PSDB / DEM / PR / PSC / PT do B / PP / SD / PSD / PPS 3 0,03%
DINARTE PQD PDT – PT / PDT / PRB / PTN / PC do B 3 0,03%
EDU PSDB – PSDB / DEM / PR / PSC / PT do B / PP / SD / PSD / PPS 3 0,03%
PROFª SILVANA PCB 3 0,03%
ALGACIR  RIBEIRO PRTB 3 0,03%
DR. ADALBERTO PSB 3 0,03%
GIACOBO PR – PSDB / DEM / PR / PSC / PT do B / PP / SD / PSD / PPS 3 0,03%
MARIO TAKAHASHI PV – PV / PPL 3 0,03%
GOURA PV – PV / PPL 3 0,03%
DRA. CLAIR PPL – PV / PPL 2 0,02%
HILÁRIO PV – PV / PPL 2 0,02%
EUGENIO COVALCHUK PV – PV / PPL 2 0,02%
ALCEUZINHO PAZINATTO FILHO PSL 2 0,02%
DR. ANTENOR PT – PT / PDT / PRB / PTN / PC do B 2 0,02%
MARCIA GRACÍLIA PSDB – PSDB / DEM / PR / PSC / PT do B / PP / SD / PSD / PPS 2 0,02%
OSNI MENEZES PSC – PSDB / DEM / PR / PSC / PT do B / PP / SD / PSD / PPS 2 0,02%
PROF. CLAUDINO DIAS PV – PV / PPL 2 0,02%
DR. JORGE KRUGER PMDB 2 0,02%
PIETRO ARNAUD PTB – PSDC / PEN / PTB / PHS / PMN / PROS 2 0,02%
OSVALDO BUSKEI PTB – PSDC / PEN / PTB / PHS / PMN / PROS 1 0,01%
SIDNEY HORTA PRP 1 0,01%
SCARPELINI PSB 1 0,01%
SERGIO EMPINOTTI PDT – PT / PDT / PRB / PTN / PC do B 1 0,01%
MARLI WENSIBOSKI PTC 1 0,01%
SONIA BRASILEIRA PMDB 1 0,01%
CERANTO PSB 1 0,01%
PROFESSORA ANA NACHORNIK PPS – PSDB / DEM / PR / PSC / PT do B / PP / SD / PSD / PPS 1 0,01%
PASTOR DIVINO CRUZ PRTB 1 0,01%
CARMEN CHAVES PSB 1 0,01%
TONINHA PT – PT / PDT / PRB / PTN / PC do B 1 0,01%
VITORASSI PV – PV / PPL 1 0,01%
JUSSARA JOECKEL PTC 1 0,01%
PROF. DANIEL POIT PSB 1 0,01%
CHRISTINA FRANZON PSOL 1 0,01%
SURECK PSDC – PSDC / PEN / PTB / PHS / PMN / PROS 1 0,01%
ZEZINHO DA RAÇÃO PSB 1 0,01%
MARIA DO SOCORRO PC do B – PT / PDT / PRB / PTN / PC do B 1 0,01%
EUNICE SALLES PSC – PSDB / DEM / PR / PSC / PT do B / PP / SD / PSD / PPS 1 0,01%
VALDINEI NEGAO PSL 1 0,01%
NILTON BOBATO PC do B – PT / PDT / PRB / PTN / PC do B 1 0,01%
INES DE PAULA PDT – PT / PDT / PRB / PTN / PC do B 1 0,01%
ULISSES KANIAK PT – PT / PDT / PRB / PTN / PC do B 1 0,01%
ANTONIO ROSNEY CARNEIRO PT – PT / PDT / PRB / PTN / PC do B 1 0,01%
AGNALDO JULIO PSB 1 0,01%
ROSE PP – PSDB / DEM / PR / PSC / PT do B / PP / SD / PSD / PPS 1 0,01%
ADRIANA FERREIRA PV – PV / PPL 1 0,01%
ROZANGELA VIDAL PSC – PSDB / DEM / PR / PSC / PT do B / PP / SD / PSD / PPS 1 0,01%
MARISTELA PEN – PSDC / PEN / PTB / PHS / PMN / PROS 1 0,01%
PAULO RINK PPS – PSDB / DEM / PR / PSC / PT do B / PP / SD / PSD / PPS 1 0,01%
CESARIO RICARDO MARCONCIN PMDB 1 0,01%
MARCELO DA FROTA PSOL 1 0,01%
RAFAEL FELIPE LUCAS PSB 1 0,01%
CRISTIANO SANTOS PV – PV / PPL 1 0,01%
VINICIUS PRADO PSOL 1 0,01%