Gaeco denuncia investigador de Mandaguaçu por ocultar F1000 furtada

gaeco11O Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público do Paraná (MP-PR) em Maringá denunciou à Justiça um investigador de polícia lotado na delegacia de Polícia Civil de Mandaguaçu acusado de ocultar um veículo furtado. A denúncia foi feita na segunda-feira (14).

Segundo o Ministério Público, o acusado teria permitido a ocultação de uma Ford F1000 em sua propriedade rural A caminhonete havia sido furtada em Campo Mourão (a 90 quilômetros de Maringá) no dia 24 de abril do ano passado.

Em caso de condenação, o crime é punido com a pena de reclusão de um a quatro anos e multa. O nome do suspeito não foi divulgado pelo MP-PR.

O DIÁRIO

Paróquia de Mandaguaçu promove mutirão de confissão nesta sexta-feira

216799_344689382286702_1204052097_nCom a finalidade de preparar os fiéis para a Semana Santa, as regiões pastorais da Arquidiocese de Maringá organizam Mutirões de Confissões. Padres se reúnem em uma determinada paróquia para atender o maior número possível de pessoas. A ideia é que todos possam participar do Sacramento da Reconciliação e ter um encontro íntimo com Deus.

Hoje (11), a paróquia São Sebastião de Mandaguaçu, à partir das 19h30 realizará um Mutirão de Confissões reunindo padres da Região Pastoral Santa Cruz. Além do atendimento na igreja matriz, haverá também na Capela Santa Terezinha na Vila Guadiana.

Sindicato dos Bancários inicia em Mandaguaçu a preparação de mais uma Campanha Salarial

salarioO Sindicato dos Bancários de Maringá e Região dá início à preparação de mais uma Campanha Salarial. Novamente, o Sindicato iniciará o processo ouvindo as reivindicações da base, que servirão de subsídio para a preparação da pauta, que será finalizada nos Encontros Sul e posteriormente no Nacional.

O primeiro Encontro Regional já está agendado para reunir os bancários de Mandaguaçu e região, nesta sexta-feira, dia 11 de abril, às 19h, na AABB. Para esta reunião estão sendo convocados os bancários das cidades de São Jorge do Ivaí, Floraí, Castelo Branco, Ourizona, do distrito de Iguatemi, além dos trabalhadores de Mandaguaçu.

O Encontro seguinte será em Astorga, dia 24 de abril,  às 19h30, na Avenida Presidente Epitáfio, 1150, contemplando os bancários da cidade e região. Estão sendo agendados encontros também em outras cidades da região, além de uma assembleia que ocorrerá em Maringá.

“Estes encontros são uma rica oportunidade para sentarmos com os bancários de toda nossa base sindical e ouvi-los acerca dos seus anseios, dificuldades, pois é o bancário que está na agência a melhor pessoa para sugerir ideias e propostas para apresentarmos nos encontros que teremos com os demais sindicatos e federações e assim tirarmos uma pauta que realmente contemple as aspirações da nossa categoria”, aponta o presidente Claudecir de Souza.

“Portanto, convocamos todos os bancários a participar destes encontros, dando a sua sugestão, apresentando suas ideias. Queremos, novamente, na negociação com os banqueiros, a partir de agosto, avançarmos em nossas conquistas”, finaliza o presidente.

O Encontro Sul, reunindo sindicatos e federações dos três estados do Sul ocorrerá  dia 15 de maio, em Ponta Grossa. Já o Nacional está previsto para os dias 7 e 8 de agosto.

Idosa cai em golpe de falso funcionário da Copel em Mandaguaçu

golpe da COPEL...Na tarde de ontem (08), mais um golpe do falso funcionário da Copel foi praticado em Mandaguaçu. A vítima foi uma senhora aposentada de 75 anos, moradora do centro da cidade. Segundo a vítima, o falso funcionário informou que o relógio medidor de energia elétrica da casa estaria fora dos padrões. O criminoso acrescentou que o relógio deveria ser trocado e que o serviço custaria R$ 800. A aposentada pagou pelo serviço que aparentou ter sido executado.

Segundo informações da vítima, o indivíduo era moreno, de cabelo grisalho, aparentando ter em torno de 40 anos de idade e com um crachá da empresa de energia elétrica “Copel”.

Se uma pessoa requisitar o pagamento de qualquer tipo de serviço em nome da Copel está cometendo uma fraude. Neste caso a vítima deve denunciar a polícia.

Dois carros capotam em acidente na BR-376 em Mandaguaçu

Na noite do último sábado (05), dois automóveis capotaram na BR-376 em Mandaguaçu. O acidente ocorreu às 23h, próximo ao trevo principal da cidade. O acidente envolveu três jovens – Dois em um Honda Civic de Alto Paraná e o outro em um Peugeot 307 de Maringá. Paulo Cesar da Silva, de 31 anos, que estava no Peugeot, sofreu ferimentos leves e foi encaminhado ao Hospital em Maringá. Segundo testemunhas, um veículo na cor prata ao tentar fazer uma ultrapassagem, provocou o acidente.  O Honda Civic perdeu o controle, capotou e invadiu a pista contrária. O 307 capotou e parou na marginal do parque industrial.

Fulgêncio é destaque no blog do Luiz de Carvalho

O Fulgêncio (Perna), é destaque no blog do Luiz de Carvalho.

Fulgêncio, o santo protetor de todos os santos

Foto: Rafael Silva

Foto: Rafael Silva

Fulgêncio Sanches pode se gabar de ter na prateleira da casa dele mais imagens de santos do que qualquer igreja da região. Mas prefere seguir a lição das pessoas, que, após a morte, foram canonizadas pela Santa Sé: “É só uma devoção; um prazer pessoal. Não é motivo para me exaltar”, destaca e acrescenta: “o que mais chama a atenção é, justamente, a humildade”.

Quando alguém pergunta a Fulgêncio quantas imagens de santo coleciona, ele precisa fazer uma contagem para responder, pois, dificilmente passa uma semana sem que chegue em casa com uma nova imagem. Até ontem, eram cem. São de diversos tamanhos e disputam espaço na prateleira da sala, nas mesas, no criado-mudo, enfim, em diversos pontos da residência, onde que ele vive com a mãe, dona Isolina, no Jardim Europa, em Mandaguaçu.

Fulgêncio cultua Santo Expedito, o santo das causas impossíveis, como devoção, mas tem apego com os demais e diz que todos o ajudam. “Sinto todos os dias que recebo grande ajuda, meus sonhos sempre viram realidade na hora certa”, ressalta.

Quando fala da ajuda que recebe, Fulgêncio conta que foi adotado desde muito pequeno e só depois de adulto conheceu a mãe biológica; recebeu uma boa formação do caráter do pai e mãe, que o adotaram; e sempre trabalhou em áreas que o agradavam. Por muitos anos, foi carcereiro da Delegacia de Polícia Civil de Mandaguaçu e sempre procurou passar uma mensagem positiva aos detentos. Hoje é seu próprio patrão, atuando na área de segurança, como era o sonho dele e como foi pedido a Santo Expedito.

Fulgêncio é uma das pessoas mais conhecidas da cidade e empresa de segurança dele foi contratada para fazer o que em Maringá e Sarandi é atribuição da Guarda Municipal. Todos os dias ele cuida do trânsito, da segurança das instalações públicas e atua até como socorrista. Apesar do turno puxado, ainda tem tempo para ser catequista e até atuar como juiz de futebol nos fins de semana.

Quando era criança, o pai deu a Fulgêncio a liberdade para escolher que religião preferia seguir. Ele escolheu o catolicismo e no mesmo dia ganhou da mãe uma imagem de Nossa Senhora das Graças, “que ele amou e cuidou como se fosse um tesouro”, diz dona Isolina. A paixão do menino pela imagem levou a família a dar-lhe outros santos e assim ele iniciou a coleção, que é a maior de que se tem notícia na região.

Ele explica que a fé é algo particular para ele. “Eu sigo primeiro a Deus, mas confio bastante também nos santos”, diz. A predileção por Santo Expedito vem da confiança conquistada ao longo dos anos. “Sempre que é uma causa difícil, recorro a ele e ele não me decepciona”, declara.

Uma das preocupações de Fulgêncio é a de sempre fazer uma promessa quando faz um pedido. Depois a preocupação é cumpri-la à risca. Certa vez fez uma viagem até uma cidade distante para levar uma cesta básica a uma mulher de cabelos brancos, conforme a promessa, e na rua encontrou uma velhinha, de cabeços brancos, a quem entregou a cesta. Ao saber que a velhinha chamava-se Isabel, no mesmo dia ele comprou uma imagem de Santa Isabel.

Câmara aprova projeto para sinalização de áreas escolares

images (4)Na última segunda-feira (24), foi aprovado com unanimidade na Câmara Municipal de Mandaguaçu, o Projeto de Lei que determina a responsabilidade do Executivo Municipal para uma adequada sinalização de trânsito em todas as áreas escolares do município.
Segundo o autor, vereador Beto Dentista (PMN), o projeto tem como objetivo “proteger os estudantes, pais, professores e funcionários dos estabelecimentos de ensino; quer sejam esses municipais, estaduais ou mesmo particulares.”

No facebook, o vereador argumenta que “devido à falta de sinalização nas proximidades dos estabelecimentos de ensinos, muitas crianças e adolescentes ficam expostos ao risco de acidentes, visto que as instituições de ensino concentram um grande trânsito de veículos e pedestres.”

O projeto foi encaminhado ao Executivo, que pode aprovar ou vetar a proposta.

Vereadores visitam centros esportivos de Mandaguaçu; Estádio está em situação precária

Vereadores da Câmara Municipal de Mandaguaçu visitaram na manhã da última terça-feira (25), o Ginásio de Esportes Abelhão, o Estádio Municipal Luiz Lonardoni e o local onde será construída a Vila Olímpica.

Moradores reclamam do abandono dos locais. José Durlo (52), morador do município, destaca o abandono do Estádio Municipal. “Dá vergonha em ver isso tudo largado. A entrada parece que vai cair na cabeça da gente!”

Através do facebook, a Câmara Municipal apresentou a situação dos locais que são alvos de críticas da população. Segundo a assessoria da Câmara, o Estádio Luiz Lonardoni precisa de uma reforma e readequação urgente. Desde a entrada, pavimentação, alambrados, arquibancadas, vestiários, local para imprensa e bancos de reservas.

Quanto ao Ginásio de Esportes Abelhão, fechado há mais de 2 anos, a Câmara analisa que as obras de reformas e readequações estão em fase final, e informa que solicitará informações quanto aos recursos recebidos e investidos tanto da esfera federal bem como os recursos próprios do município.

Já no Projeto da Vila Olímpica, a Câmara informa que até o momento o que se observa é somente a terraplanagem e sistema de drenagem realizados, e que vai solicitar informações sobre os recursos liberados, o valor total dos recursos e o planejamento para conclusão da obra.

No facebook, a vereadora Rosane Sanches (PDT), disse que com a visita “podemos ver a falta que faz um bom planejamento para realizações de objetivos futuros.”

Rádio Colméia celebra os 15 anos de evangelização com mais de 4 mil ouvintes

Dr. Gargantini confirma convênio do governo do Paraná para plantão do Hospital

sddefaultO médico José Antônio Gargantini, diretor do hospital São Lourenço de Mandaguaçu, confirmou hoje (19), em entrevista na Juventude FM, a conquista de R$ 45 mil reais por mês, a nível de estado, para custear o plantão do hospital de segunda a sexta das 22h as 7h. A informação é do jornalista Amaro de Oliveira.

No facebook, o jornalista informou que segundo Gargantini, por mais de 35 anos, o atendimento nesse horário, de segunda a sexta, foi custeado pelo hospital. Com o recurso elimina o risco do hospital fechar as portas em maio, como havia sido anunciado. O dinheiro virá por meio de um convênio, conquistado no governo do estado com apoio da Câmara Municipal de Mandaguaçu. Com a sequência do recurso disponibilizado pela prefeitura, de 25 mil reais, média/mês, para atendimento aos sábados, domingos e feriados e o convênio SUS, o hospital prestará atendimento 24 horas, com recursos públicos.

Dentro dos próximos 15 dias, representantes do governo do Estado devem assinar o convênio na Prefeitura de Mandaguaçu, que receberá o repasse mensal de R$ 45 mil. Por ser um recurso estadual, a prefeitura firmará outro convênio com o hospital para repassar o valor do governo do Estado.