Obra emergencial afeta abastecimento de água em Mandaguaçu

agua_torneiraA Sanepar comunica que, por problemas na bomba de um dos poços que abastece o município de Mandaguaçu, o abastecimento neste sábado e domingo (6 e 7), poderá ser afetado. A normalização do abastecimento deve ocorrer de segunda-feira (8).

 A Sanepar pede a colaboração de todos e orienta para que a população utilize a água com racionalidade, evitando desperdícios.

 Poderão ficar desabastecidos principalmente os clientes que não possuem caixa-d’água compatível com o consumo do imóvel. A  Sanepar lembra que,  de acordo  com norma da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), cada imóvel deve ter caixa-d’água com capacidade para atender as necessidades por, no mínimo, 24 horas. O reservatório domiciliar deve armazenar pelo menos 500 litros.

 O Serviço de Atendimento ao Cliente Sanepar é feito pelo telefone 115. Ao ligar, é importante ter em mãos a conta de água ou o número de sua matrícula.

MANDAGUAÇU: Motociclista morre em colisão frontal com carreta na BR-376

 

Foto: Maringá Manchete

Foto: Maringá Manchete

Um motociclista de 22 anos morreu em uma colisão frontal com uma carreta no início da tarde desta sexta-feira (5) na BR-376. O acidente aconteceu por volta das 12h30 no trecho urbano da rodovia, no trevo de Mandaguaçu.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a vítima Everton de Souza Belini trafegava no sentido Maringá a Mandaguaçu. Após a batida frontal, o motociclista acabou atropelado pela carreta que estava carregada com álcool.

Aos policiais rodoviários, o condutor da carreta com placas de Maringá disse que o motociclista surgiu repentinamente e não houve tempo para frear.

Ainda segundo a PRF, a vítima era morador de Mandaguaçu. O corpo dele foi encaminhado ao Instituto Médico-Legal (IML) de Maringá.

Durante o atendimento do acidente o tráfego ficou lento no local, mas a pista não chegou a ser interditada.

O Diário

MANDAGUAÇU: Trabalhador da construção civil fica ferido após queda

Foto: Eliana Custodio

Foto: Eliana Custodio

Na tarde de ontem (23), Mandaguaçu registrou mais um acidente de trabalho na construção civil. O acidente ocorreu por volta das 17h30, na Vila Carraro.  O trabalhador de 42 anos, sofreu uma queda de uma altura de cerca de 4,5m. Segundo informações, o trabalhador não estava utilizando os equipamentos de proteção individual.

A vítima sofreu ferimentos graves e recebeu o atendimento de socorristas e da equipe do SAMU. Após os primeiros atendimentos, o trabalhador foi encaminhado ao Hospital Santa Rita em Maringá.

Duplicação da BR-376 em Mandaguaçu inclui a construção de 5 viadutos

viapar

Viaduto na BR-376, no trevo principal da cidade de Mandaguaçu.

A duplicação de 22,6 quilômetros da BR-376, entre Mandaguaçu e Nova Esperança, na região de Maringá, foi anunciada pela concessionária de rodovias Viapar, que apresentou o projeto a vereadores e comerciantes de Nova Esperança. A empresa informou que a obra, orçada em R$ 130 milhões, terá início em janeiro de 2015 e deverá ser concluída em dezembro de 2016.

De acordo com a Viapar, que administrada a rodovia, no trecho serão construídos 10 viadutos que vão atender “uma antiga demanda dos municípios por segurança” nos trevos de Atalaia, Presidente Castelo Branco, Mandaguaçu e Nova Esperança.

A entrada das cidades será por baixo da rodovia. Somente em Mandaguaçu serão cinco viadutos. “Anos atrás, quando houve a duplicação entre Mandaguaçu e Maringá, tivemos um salto no desenvolvimento da cidade com a facilidade no acesso. Agora, nesta primeira etapa até Nova Esperança vai melhorar bastante e no futuro até Paranavaí, ainda mais. Sem contar que desafogará o trânsito na rodovia. Acredito que os acidentes na rodovia deverão reduzir substancialmente”, disse o prefeito de Mandaguaçu, Ismael Ibrahim Fouani (PSD).

O prefeito de Nova Esperança, Gerson Zanusso (PSD), avaliou de forma positiva o projeto da concessionária. “A duplicação é uma grande conquista para os moradores e com certeza vai melhorar a segurança de todos”, diz.

A apresentação do projeto contou com imagens em 3D, o que possibilitou entender a obra com com mais detalhes, principalmente nas vias de acessos às cidades que a rodovia corta.

Um desses locais, o trevo de Atalaia, é uma das prioridades do projeto, uma vez que “muitos acidentes têm ocorrido no trecho”, conforme a assessoria da concessionária., que não informou a quantidade.

O projeto ainda poderá passar por alterações por conta do diálogo com os municípios. Mas de acordo com o presidente da Viapar, Marcelo Stachow Machado, o interesse público se sobrepõe ao privado e nem sempre o projeto agradará a todos. “Ouvimos a comunidade e as alterações possíveis poderão ser repassadas ao DER-PR (Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná)”, explica.

A obra contempla ainda uma passarela em Presidente Castelo Branco, seis retornos em nível, implantação ou melhorias de vias marginais em Mandaguaçu, Presidente Castelo Branco e Nova Esperança. No total, de acordo com a Viapar, serão utilizadas 72 mil toneladas de massa asfáltica, 54 km de canaletas para esgotamento de água, 5,4 km de bueiros e 470 metros quadrados de placas para sinalização vertical.

MOVIMENTO
8.500 É a média de veículos que passam diariamente pela praça de pedágio de Presidente Castelo Branco, segundo a Viapar.

POSSIBILIDADE
“Ouvimos a comunidade e as alterações possíveis poderão ser repassadas ao DER-PR .”
MARCELO STACHOW MACHADO
Presidente da Viapar

O DIÁRIO

Idoso de 85 anos morre em incêndio a residência em Mandaguaçu

Um idoso de 85 anos morreu em um incêndio a uma residência no início da madrugada desta terça-feira (19) em Mandaguaçu (20km de Maringá). De acordo com a Polícia Civil, a vítima José Barbosa da Silva estava dormindo quando o fogo começou por volta de meia-noite e meia.

Três equipes do Corpo de Bombeiros foram acionadas para apagar o incêndio. Porém quando os bombeiros chegaram na casa localizada na Rua Ararão, na Vila Guardiana, as chamas já haviam se espalhado e consumido praticamente todo o imóvel de madeira.

O idosos morava sozinho e não conseguiu sair da casa. Ele morreu carbonizado e teve o corpo encaminhado ao Instituto Médico-Legal (IML).

A causa do incêndio será investigada pela Polícia Civil de Mandaguaçu.

O DIÁRIO

Com 1,5 MILHÃO do Governo do Estado, é iniciado o recape da estrada de Pulinópolis

Teve início na última quarta-feira (02), o recape da rodovia que liga a cidade de Mandaguaçu ao distrito de Pulinópolis. A obra que era aguardada há mais de um ano, conta com investimento de R$ 1.499.989,82 da Secretaria de Infraestrutura do Governo do Estado do Paraná e R$ 74,992,00 da Prefeitura de Mandaguaçu. A empresa que venceu a licitação é a EXTRACON Mineração e Obras Ltda.

De acordo com a Secretaria de Infraestrutura do Paraná, a extensão da obra é de  9.900 metros.

Não vai fechar: Governo repassa R$ 500 mil/ ano ao Hospital de Mandaguaçu

Governador Beto Richa, Dr. Gargantini e Guto Silva (Ex-Chefe da Casa Civil do Paraná), em anúncio dos repasses para os hospitais.

O governador Beto Richa anunciou nesta terça-feira (24), no Palácio Iguaçu, em Curitiba, o repasse R$ 500 mil/ano, para o Hospital São Loureço de Mandaguaçu. O repasse para o hospital é parte dos R$ 29,5 milhões que serão reapassados para 36 entidades e hospitais de pequeno porte do Paraná. Os recursos devem ser utilizados para custeio, obras e equipamentos.
A medida, explicou o governador, é uma forma do Governo do Estado apoiar unidades hospitalares importantes para os municípios e que geralmente enfrentam dificuldades financeiras para se manter em razão da baixa taxa de ocupação dos leitos e a baixa complexidade dos serviços oferecidos.

O diretor do Hospital São Lourenço, Dr. José Antônio Gargantini, esteve em Curitiba para a oficialização do repasse que será realizado primeiramente a prefeitura de Mandaguaçu, e depois ao hospital.

Caminhão carregado com porcos tomba na PR-552 em Mandaguaçu

Foto: Maringá Alerta

Um caminhão que transportava porcos tombou na tarde de hoje (15), por volta das 17h, na PR-552 em Mandaguaçu. Segundo informações, o motorista perdeu o controle do veículo e ficou gravemente ferido com o tombamento do caminhão. Preso entre as ferragens, o motorista recebeu os primeiros atendimentos pela equipe de saúde de Mandaguaçu e em seguida, pelo Corpo de Bombeiros de Maringá. Em estado grave, o motorista foi encaminhado pelo SIATE ao hospital.

Corpo de menina de Mandaguaçu é encontrado em Maringá

A Delegacia de Homicídios de Maringá (DH) identificou o corpo encontrado na tarde de quarta-feira (11), na zona rural da cidade. De acordo com a polícia, trata-se da adolescente Laís Caroline Rodrigues da Silva, 15 anos, que residia em Mandaguaçu (32 km de Maringá) e estava desaparecida desde o final de maio passado.

Diante do avançado estado de decomposição do cadáver, o reconhecimento só foi possível por meio de tatuagens que a vítima possuía em várias partes do corpo, além da estatura, cor da pele, cor e comprimento dos cabelos. No entanto, ainda serão realizados comparação digital e exame de DNA para oficialização.

O corpo da adolescente foi encontrado por volta das 16 horas, em meio a uma plantação de milho nas imediações da Estrada Guaiapó, zona norte de Maringá. Marcas de ferimentos comprovaram que a vítima foi morta a facadas.

A garota apresentava um corte na lateral esquerda da garganta e outro ferimento profundo na coxa, na altura da virilha direita. O maxilar inferior estava deslocado, provavelmente em decorrência de um murro. O cadáver estava nu, em decúbito dorsal, com as pernas abertas, situação que reforça a suspeita de abuso sexual. A vítima vestia apenas um par de meias, tipo soquete, de cor branca. As roupas e calçados não foram localizados.

Laís também usava um anel no dedo anelar da mão esquerda e outros dois no dedo anelar da mão direita. Ela tinha uma tatuagem nas costas, próxima da nádega; uma flor vermelha na panturrilha direita e três estrelas grandes e várias pequenas no lado esquerdo do abdome. Havia ainda outra tatuagem no ombro direito que não foi possível definir devido às condições da pele, que já estava enegrecida.

De acordo a polícia, Lais desapareceu na noite de 31 de maio, após ir a Maringá em companhia da irmã, de 16 anos. O plano das meninas era ir a uma boate, mas ao chegar no centro da cidade Lais teria se distanciado, avisando que iria comer um lanche. Desde então, não foi mais vista. Até o final da tarde de ontem, a DH não tinha pistas que pudessem esclarecer a autoria do crime.

O DIÁRIO

Papa Francisco envia mensagem sobre a Copa do Mundo no Brasil

Clique e ouça a matéria para a Rádio Colméia: