Mandaguaçu: A cidade do papelão

Desde quando foi proibido o uso das lixeiras de rua na avenida e ninguém avisou?
Pois agora, vejo papéis e sacos plásticos espalhados pelas ruas em meio a água das chuvas.
Até quando, comerciantes e moradores da Avenida Munhoz da Rocha vão continuar com essa falta de educação?
Toda chuva é o mesmo problema! Caixas e mais caixas de papelão, sacos plásticos e afins, enfeitam a nossa estreita avenida.

 

 

 

 

 

 

 

 

Pois bem! Podemos pensar em uma solução, no curto prazo, políticas públicas consistentes para promover a reciclagem, que evitariam tanta sujeira nas ruas. Caso não houvesse resultado, o estabelecimento de multas a comerciantes e moradores que desrespeitam as regras que vigoram na cidade.
Ora… todos temos um papel na sociedade. E no caso do lixo, não é um trabalho individual, mas em conjunto. Dizemos que é uma cadeia. Porém, as ações precisam começar individualmente.
O início pode ser feito dentro de casa, no manejo do lixo orgânico, na separação dos materiais para reciclagem, no consumo consciente e no correto depósito do lixo na rua.
Meus senhores, não vamos fazer esse “papelão” novamente. Não é?

3 respostas a Mandaguaçu: A cidade do papelão

  • milena angélica galbero codale disse:

    Paulo,é mesmo um papelão uma cidade como a nossa não ter uma coleta seletiva,e ninguém se preocupar com isso.Quando me perguntam se quero levar minha compra do mercado em caixas já digo que não,pois se coloco na rua não passa ninguém que pega e fica aqui na frente as crianças chutam a rua ou rasgam até ir parar as vezes no bueiro prefiro nem trazer este problema pra frente da minha casa.

  • JOVAL CALÇADOS:
    TEMOS O HÁBITO DE GUARDAR AS CAIXAS E ENTREGÁ-LAS A SR. RITA, UMA SENHORA QUE GANHO O SEU PÃO RECICLANDO: PAPEL, PETS, VIDROS, ENTRE OUTRAS RECICLAGENS! EXISTE OUTROS COMO ELA NA CIDADE! AO VÊ-LA PELA PRIMEIRA VEZ, FIZ UMA PARCERIA COM ELA E TODA SEMANA ELA RECOLHE MINHAS RECICLAGENS DA LOJA E DE CASA, EIS AI UMA SUGESTÃO!
    ABRAÇOS, VALDEMIR CASARIN.

  • veronica disse:

    um horror mesmo,o povo perdeu a noçao, de uma cidade limpa mesmo;;

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *