polícia

Polícia apreende 17 motores em oficina de Mandaguaçu

A Polícia Civil apreendeu, na manhã desta terça-feira (10), 17 motores de caminhão emuma oficina mecânica localizada às margens da BR-376, na entrada de Mandaguaçu (a 20 quilômetros de Maringá). Segundo a polícia, ao menos dois deles estavam com a numeração adulterada. O dono da empresa e o filho dele foram presos em flagrante acusados do crime de receptação.

A apreensão e as prisões aconteceram durante a operação deflagrada em empresas revendedoras de peças automotivas usadas, conhecidas como “desmanches”. Além de Mandaguaçu, foram realizadas vistorias em 13 empresas de Maringá, em nenhuma delas foram encontradas irregularidades.

A empresa onde foram apreendidos os motores já foi alvo de outras investigações. Em dezembro passado, um caminhão roubado em Ponta Grossa foi localizado no pátio da oficina. Na ocasião, os investigadores também apreenderam dois chassis na chácara do proprietário. Em mês antes, o Gaeco apreendeu uma outra carreta no local.

A operação desencadeada por determinação do delelgado-chefe da 9ª Subdivisão Policial (SDP) de Maringá, Sérgio Luiz Barroso, mobilizou todo o efetivo da Seção de Furtos e Roubos e da Delegacia de Homicídios. “Embora Maringá não seja uma cidade de médio porte com número elevado de furtos e roubos de veículos precisamos manter a situação sob controle”, disse o delegado.

Além da Mandaguaçu, os policiais vistoriaram 13 empresas em Maringá, e em nenhuma delas foram encontradas irregularidades. O trabalho foi coordenado pelos delegados Paulo César da Silva, titular da Delegacia de Homicídios; Laércio Fahur, delegado operacional da 9ª SDP; Gustavo de Pinho Alves, responsável pelo 1º Distrito Policial; e Diego Elias de Freitas Rodrigues de Almeida, titular da Delegacia de Astorga.

O DIÁRIO

Passagem de Comando da Polícia Militar de Mandaguaçu

Nesta terça-feira (10), foi realizada na Câmara Municipal de Mandaguaçu uma solenidade de passagem de comando da Polícia Militar do subtenente Capitol ao 2° sargento Felipe, que assume a partir de agora, o comando da Polícia Militar de Mandaguaçu.

A cerimônia foi conduzida pelo chefe da Comunicação Social do 4° Batalhão, tenente Claudio Rocha.

Gaeco denuncia investigador de Mandaguaçu por ocultar F1000 furtada

gaeco11O Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público do Paraná (MP-PR) em Maringá denunciou à Justiça um investigador de polícia lotado na delegacia de Polícia Civil de Mandaguaçu acusado de ocultar um veículo furtado. A denúncia foi feita na segunda-feira (14).

Segundo o Ministério Público, o acusado teria permitido a ocultação de uma Ford F1000 em sua propriedade rural A caminhonete havia sido furtada em Campo Mourão (a 90 quilômetros de Maringá) no dia 24 de abril do ano passado.

Em caso de condenação, o crime é punido com a pena de reclusão de um a quatro anos e multa. O nome do suspeito não foi divulgado pelo MP-PR.

O DIÁRIO

Homem é flagrado com caça, armas e munições em Mandaguaçu

Foto:Divulgação/PM Ambiental

Foto:Divulgação/PM Ambiental

A Polícia Militar (PM) Ambiental de Maringá apreendeu carne de caça, armas e munições que estavam com um homem flagrado em patrulhamento em Mandaguaçu  na noite de sexta-feira (30).

Segundo a PM Ambiental, as apreensões ocorreram por volta das 20h, por meio das ações desenvolvidas na Operação Agosto Seguro. Em uma estrada rural de Mandaguaçu, houve abordagem de um Ford Del Rey que transportava uma espingarda calibre .28/70 e quatro munições intactas. Ao ser indagado, o proprietário relatou que habitualmente pratica caça e possui dois pontos de “ceva”, próximo ao córrego de Atalaia (a 52 quilômetros de Maringá), junto a uma vegetação, que são utilizados para trato e abate de animais silvestres. Além disso, o rapaz relatou também que possuía, na residência dele, carne de caça abatida em dia anterior.

Em seguida, os policias foram até a casa do indivíduo, que apresentou mais duas espingardas sem marca – uma calibre .32 e outra de dois canos, grande quantidade de cartuchos de diversos calibres e vários petrechos utilizados na recarga destas munições. Foi encontrada ainda uma espingarda de pressão de fabricação chinesa. Dentro do freezer do detido, havia uma parte de animal abatido, que o acusado disse que se tratava de carne de paca.

O cidadão recebeu voz de prisão e foi encaminhado juntamente com as armas e todos os demais materiais à delegacia de Polícia Civil de Mandaguaçu, onde ficou preso. O mesmo responderá por porte ilegal de arma de fogo, segundo estatuto do desarmamento, assim como pelo crime de caça tipificado na lei de crimes ambientais nº 9.605/98.

Informações: O Diário – Larissa Ayumi Sato

Polícia encontra dois pés de maconha em Mandaguaçu

Foto: cameranorec.blogspot.com.br

Dois pés de maconha foram apreendidos, nesta terça-feira (23), em Mandaguaçu.

De acordo com informações, a plantação foi descoberta em uma casa, durante uma ocorrência onde um usuário de drogas agredia a própria mãe.

 As plantas, uma delas com altura de cerca de 1 metro, eram cultivadas no quintal do imóvel.

Polícia apreende sete menores acusados de assaltar comércio de Mandaguaçu

A Polícia Militar de Mandaguaçu apreendeu, nesta quinta-feira (12) sete menores de idade acusados de assaltar estabelecimentos comerciais em Mandaguaçu.

A PM chegou aos sete menores seguindo pistas e informações colhidas durante o dia de hoje.  Os sete menores são moradores da Vila Guadiana em Mandaguaçu, e quatro deles foram os autores dos assalto a um posto de combustível e a uma pizzaria da cidade.

Os adolescentes foram encaminhados para a Delegacia de Polícia de Mandaguaçu. Os agentes da PM procuram agora um outro menor que também é acusado de crimes na cidade.

Polícia Militar recupera carro roubado e prende dois assaltantes em Mandaguaçu

Na noite de sexta-feira, por volta das 19h, um homem foi vítima de um assalto nas proximidades do Restaurante Trevo em Mandaguaçu.

A vítima que teve o carro Chevrolet Astra roubado relatou para a Polícia Militar que foi agredido com socos e coronhadas.  Os três assaltantes que estavam em um carro Ford Fiesta, abordaram a vítima que logo depois conseguiu escapar dos assaltantes e pediu ajuda no Restaurante Trevo. Após o crime, os assaltantes fugiram nos dois carros, e em seguida abandonaram o Astra na Vila Guadiana.

A Polícia Militar (PM) foi chamada até o local e com o trabalho dos soldados Borsato e Rogério, foi recuperado o Astra de cor prata, na rua São João na Vila Guadiana. A equipe da PM logo após, se deparou com o veículo Ford Fiesta, onde estavam os três indivíduos, que ao ver a PM abandonaram o veículo e se fugiram para um matagal próximo a rua Andirá também na Guadiana.

Dois, dos três assaltantes foram presos em flagrante e confirmaram a autoria do crime. O revólver utilizado no assalto não foi encontrado pela PM.

Empresário entrega R$ 78 Mil em notas falsas para a Polícia Civil em Mandaguaçu

Na tarde desta quinta-feira (19), o empresário Oséias Bernardo da cidade de Mandaguaçu se apresentou na Delegacia de Polícia do município, e entregou ao delegado R$ 78 mil em notas falsas (todas de R$ 50).

De acordo com o delegado Valdir Sampaio, as notas que foram recolhidas pela Polícia Civil, são falsificações grosseiras, e que facilmente são identificadas como falsas.

O empresário que diz ter comprado as notas pelo valor de R$ 8 mil no Paraguai, foi indiciado pelo Artigo 289 do Código Penal, por posse de moeda falsa, e logo após foi liberado.

A Polícia Civil vai ouvir outras pessoas que confirmem a versão do empresário. As notas serão encaminhadas para a Polícia Federal que investigará o caso.

Carnaval 2012 foi um dos mais tranquilos de Mandaguaçu

O feriadão de Carnaval do ano de 2012 foi um dos mais tranquilos que a cidade de Mandaguaçu já teve. Desde o sábado até a noite da terça-feira, nenhuma ocorrência grave foi registrada pela Polícia Militar.

A operação que foi realizada pela PM, coibiu todo tipo de atos que poderiam promover a violência ou acidentes de trânsito devido ao consumo de bebidas alcoólicas.

Enquanto isso, só na noite do feriado, dois homens foram assassinados e um outro foi baleado na cidade de Maringá.