São Sebastião

Paróquia de Mandaguaçu promove grande festa de São Sebastião

Convites para o almoço estão à venda na secretaria paroquial.

Neste final de semana, a Paróquia São Sebastião prossegue com as festividades do padroeiro de Mandaguaçu.
Uma grande festa está sendo organizada para celebrar o padroeiro da cidade. São Sebastião foi um dos muitos soldados romanos que por sua fé em Jesus foi martirizado.

Todos os eventos festivos deste final de semana acontecerão no salão da Paróquia de Mandaguaçu. A festa encerra no domingo com um delicioso almoço com costela ao fogo de chão.

Confira a programação:

"Villa Trio" anima noite de sábado.

Sexta-feira (10), grandioso “Bailão Gaúcho” e venda de porções e bebidas;
Sábado  (11), música ao vivo com “Villa Trio” e venda de frango assado, porções e bebidas;
Domingo (12), almoço com costela ao fogo de chão.

Na sexta-feira e no sábado a entrada é franca. Para o almoço de domingo os convites estão à venda na secretaria paroquial.

O Bolo de São Sebastião

No dia 20 de janeiro, feriado na cidade de Mandaguaçu, foi comemoração o dia do padroeiro São Sebastião. Além da santa missa celebrada pela manhã na igreja matriz, houve a distribuição do “Bolo de São Sebastião” com cerca de 6 mil pedaços.

Posse do novo vigário

No sábado, dia 04 de janeiro, a paróquia de Mandaguaçu acolheu o novo vigário da comunidade. Padre Milton Bossoni, além de vigário será o reitor do Seminário Propedêutico Santo Cura D’ars em Mandaguaçu.

Foto: Roberto Girotto

A missa em que o padre foi apresentado à comunidade foi presidida pelo Arcebispo da Arquidiocese de Maringá, Dom Anuar Battisti. O Arcebispo lembrou a todos os presentes que Mandaguaçu tem duas instituições muito importantes. “Além da Paróquia São Sebastião a cidade de Mandaguaçu acolhe com muito carinho o Seminário Santo Cura D’ars”.

Bolo de 70 metros marca o início das festividades de São Sebastião em Mandaguaçu

Todos os ingredientes foram doados pela comunidade

Hoje, dia 20 de janeiro é feriado na cidade de Mandaguaçu, é a comemoração do dia do  padroeiro São Sebastião. Além da santa missa celebrada pela manhã na igreja matriz, houve a distribuição do “Bolo de São Sebastião”.

Durante cinco dias, cerca de vinte voluntárias trabalharam na confecção do bolo de 70 metros, com cerca de 6 mil pedaços. A coordenadora da equipe que preparou o bolo, Marlene Aquaroni, contou que mais de 2 mil medalhas do padroeiro foram distribuídas no recheio de doce de leite. “Nossa equipe trabalhou muito para esse preparo. Contamos com a ajuda de toda a comunidade que colaborou com os ingredientes”.

O amor pela paróquia é evidente nas mulheres que trabalharam na confecção do bolo

Essa é a 8ª vez que o bolo de São Sebastião é preparado na paróquia de Mandaguaçu. O valor simbólico para adquirir o pedaço do bolo foi de apenas 1 Real.
Toda a renda será revertida para o término da construção do novo Centro Catequético de Mandaguaçu.
Às 20h haverá santa missa celebrada na Paróquia São Sebastião.

Padre César Hipólito agradeceu a todos que realizaram a confecção e aos que adquiriram um pedaço do bolo do padroeiro.
Confira no áudio abaixo:
[soundcloud url="http://api.soundcloud.com/tracks/34003763"]

Paróquia de Mandaguaçu comemora 60 anos de evangelização

Hoje, dia 28 de Outubro de 2011 a Paróquia de São Sebastião de Mandaguaçu completa 60 anos de criação. Estamos celebrando o Jubileu de Diamante. Vale a pena relembrar alguns fatos marcantes dessa história de evangelização:

A paróquia de Mandaguaçu era capela de Maringá. Em 07.02.1951 foi fundada a Congregação Mariana, e em 04.07.1951 a Pia União das Filhas de Maria. Dom Geraldo de Proênça Sigaud, bispo de Jacarézinho, ao qual pertencia nossa região, notando o desenvolvimento da nossa capela, e atendendo ao desejo do povo católico, cria em viva-vóz a paróquia desmembrando-a de Maringá, tomando posse o primeiro pároco Frei Guilherme de Magridis, no dia 28 de outubro de 1951. Assim, a paróquia passa a ser atendida pelos Frades Capuchinhos. A partir de 1967 a paróquia passa a ser atendida pelos Padres Franceses, e a partir de 1979 ela passa para os diocesanos.

A paróquia tinha uma capela de madeira, e no dia 19.05.1960 começou a construção da nova igreja de alvenaria, sendo que a primeira missa na nova matriz foi celebrada no dia 18.02.1968. Foram muitos que trabalharam na construção da nossa igreja atual, o qual nossa gratidão será eterna.

Depois de uma rápida passagem das Irmãs Carmelitas, chegaram em 1960 as Irmãs Damas da Instrução Cristã para assumir o Colégio, e ajudar na paróquia. Em 11.02.2011 chegaram as Irmãs Filhas de Sant´Ana para colaborar na Capela Santa Terezinha da Vila Guadiana. A paróquia também recebeu a partir de 2006 a Diocese de Campo Mourão que formou aqui durante quatro anos seus seminaristas. E desde 31.01.2010 ela recebe os seminaristas propedêuticos de Maringá. Também na paróquia as Irmãs Damas formam suas irmãs no período do aspirantado. E não podemos esquecer que nossa paróquia tem algumas irmãs que aqui nasceram e hoje estão evangelizando em outros lugares, além é claro do nosso Pe. Manoel que tem sua família aqui e hoje também ajuda a evangelizar na congregação do Verbo Divino.

Mas, sem dúvida queremos lembrar aqui tantos e tantos paroquianos que deram a vida por esta paróquia. Desde o seu inicio quantos trabalharam na construção da Igreja viva, as pastorais, movimentos e tantos trabalhos que só puderam ser realizados pelo esforço desse povo que amou e ama esta paróquia, que deu a vida e continuam a dar a vida por ela. A todos vocês que trabalharam, que estão entre nós, ou já estão ao lado do Pai no céu; a todos vocês que hoje participam e trabalham pela nossa paróquia; a todos que fazem parte desta história de graças e bênçãos nossa gratidão eterna.

Pe. César Hipólito
Paróquia São Sebastião